Calei-me

Calei-me

Calei-me frente a você
quando mediante a falta de argumentos
simplesmente com um sorriso me convenceste
do contrário…

Pasmei-me ao ouvir
palavras tão doces e tão suaves
constrastados com a firmeza
e sustentação de voz que carregas

e assim pensei:

por que não?
Mas respostas para isso
não são simplesmente minhas…

Fabrício Veliq
30.12.09 – 20:52

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *