Conselhos de um matemático

Conselhos de um matemático

My friend, se me perguntar o porquê de escrever isso a você, não saberia dizer. Contudo, deixo a ti esses 5 conselhos para sua estadia na universidade que também se encaixam em qualquer lugar que quiser ir. Se os quiser utilizar, penso que fará bem. Se não os quiser, também é livre para fazê-lo.

Em primeiro lugar,  faça os amigos, não somente os amigos baladeiros, os amigos de bares, mas os verdadeiros. Se ao longo do curso consegui reunir 5 deles, já terá motivo de se orgulhar demais. Durante todo meu curso, meu lema foi: O importante é fazer os amigos, pois no final eles é que ficarão para sempre. Hoje, depois de formado, percebo que a melhor coisa que fiz foi fazê-los. São eles que estão ao meu lado nos momentos difíceis e felizes, são os responsáveis pelas grandes conversas e aprendizados que tive e tenho até hoje

Em segundo, nunca deixe de investir nas pessoas, mesmo que isso implique que terá um 89 ao invés de um 90, ou um 95 ao invés de um 100. Com o tempo perceberá que aqueles 5 pontos perdidos não comprariam jamais o respeito e o carinho obtido por um minuto a mais de atenção;

Em terceiro,  não deixe que os estudos acabem com seu tempo livre. Mesmo com todas as provas que virão, ache tempo para se divertir.

Em quarto, não tenha medo de descobrir aquilo que não se quer. Um dos maiores passos que podemos dar é definir o que não queremos. É tão importante quanto descobrir o que queremos. Ao descobrir, não tenha medo de falar que não deseja aquilo, mesmo que isso custe algumas inimizades.

Por último e não menos importante, tenha prazer no que faz. Dizem que quando descobrimos aquilo que amamos fazer, nunca mais trabalhamos na vida.

Penso que fazendo isso se tornará uma aluna melhor, uma pessoa melhor, alguém com quem todos querem estar.

Esforce-se para ser conhecida não somente pela inteligência e simpatia que lhes são pertinentes, mas também pela disposição em caminhar contra o mundo individualista que se apresenta a nós; mundo no qual se importar com o outro deve ser somente para conseguir algo do mesmo. Não se transforme em uma pessoa assim, por mais que o meio a seduza a isso.

Lembre que tudo passa. O curso um dia passará, as pessoas um dia também passarão. Ficará somente aquilo que fizemos por elas, aquilo que ensinamos e demonstramos para elas.

E no fim, desejo que seja um bom curso. Que encontre alegria e contentamento nessa nova jornada que se iniciará em breve e que com certeza será fruto de tudo o que fez até agora…

Que a força esteja com você…

Fabrício Veliq
18.01.12 – 10:12

Compartilhe:

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *