Amava sem saber porque amava

Amava sem saber porque amava


Amava sem saber que amava
Queria sem saber porque querer
Estava lá, e assim como você
Aguardava o amor subitamente aparecer

E ainda assim não percebi que só
faltava uma frase certa, que só faltava
um olhar a mais ou talvez
um encontro a mais

Quem saberia o que ocorreria
se no brilho daquele dia
subitamente os olhos de dois
se encontrassem?

E como explicar o brilhar de olhos
que se manifesta no encontrar do outro?
Quem o souber dizer não entenderá o porquê
de falar que eu

Amava sem saber que amava…

Fabrício Veliq
05.09.09 16:54

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *