Hoje ouvi uma canção

Hoje ouvi uma canção


Hoje ouvi uma canção
Nela havia tambores e flautas
Nessa canção também todos cantavam
tendo as vozes acompanhadas por palmas

As palmas ecoavam em um grande salão
As vozes harmonizavam uma com as outras
Entre flautas e tambores, vozes e palmas
podiam-se ouvir as canções do coração

Canções essas que a poucos se revelam
pois ao se revelarem ficam expostas
Ao serem expostas pode receber o que quer que seja
sejam elogios, sejam nenhuma resposta

De todo modo as flautas continuaram a tocar
Os tambores continuaram a ser batidos
As canções cantadas em tons nostálgicos
Revelavam segredos escondidos

E as flautas seguiam seus tons suaves
Quando de repente, aparecem os violinos
Com seu som estritente e constante
Faz nascer novos sorrisos

E assim eu seguia a harmonia
Ouvindo uma grande apresentação
De somente três instrumentos
que ecoavam
mesmo que em timbres diferentes
melodias para os corações

Ah que felicidade ao chegar em casa
e perceber que as respostas haviam chegado
perceber na sinfonia o não dito
pena que tudo havia acabado.

Felizes os ouvidos atentos
Os que ouvem respostas em melodias
Que sabem que a vida é feita de detalhes
E que percebem que,
nesses estão,
grande parte de suas alegrias…

Fabrício Veliq
23.07.09 20:12

Compartilhe:

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *