Feliz dia da Reforma Protestante

Feliz dia da Reforma Protestante

Hoje comemora-se o dia da reforma protestante. Dia em que Lutero prega as 95 teses contra os abusos cometidos pela Igreja Católica de seu tempo e marca o início de um novo movimento cristão: o movimento da reforma.

Ao contrário do que muitos pensam, Lutero não tinha o intuito de formar uma nova religião cristã. Sua preocupação estava ao perceber que a Igreja de sua época estava se transformando em agenciadores dos céus, que estavam pregando um evangelho de troca para com Deus nas vendas de indulgências e tantas outras coisas deploráveis que a própria história nos conta em diversos livros. Assim reformar seria restaurar os marcos do evangelho de Cristo.

Seguindo na linha de Lutero, protestante é aquele que protesta, porém não sem embasamento. Protestar sem embasamento é como gritar em um campo a céu aberto. Acompanhando as lutas de Lutero contra a Igreja de sua época, percebemos as grandes bases sobre as quais Lutero se apoiava. Seus cinco princípios eram todos embasados e ele sabia como defendê-los.

Em nossos dias penso que podemos identificar tanto uma Igreja que vende as indulgências, mostrando que a história se repete de tempos em tempos, bem como percebermos aqueles que protestam com ou sem embasamento de suas considerações. Aos primeiros podemos dizer que seguem na linha de Lutero, os segundos, diria que são simples repetidores de insatisfações que não sabem de onde vem.

Penso que hoje é um dia de celebração, reflexão e reforma a todos nós cristãos, principalmente protestantes.

Celebração por comemorarmos o início de uma nova interpretação cristã do mundo.

Reflexão por nos fazer pensar até que ponto temos protestado contra o sistema que assola vidas e “ata fardos pesados” sobre os que buscam seguir a Cristo de todo coração.

Reforma, pois convida a re-formar-nos. Pensar se estamos no caminho que consideramos certo ou não e, uma vez chegada a essa conclusão, se necessário for, “voltar às práticas das primeiras obras”, mesmo que para isso tenhamos que ser perseguidos, silenciados, excomungados tantos outros “ados” que possam advir disso.

Feliz dia da Reforma Protestante.

Fabrício Veliq
31.10.2013 – 08:17

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *