sobre o sentar junto ao mar

sobre o sentar junto ao mar


Mateus 13:1 

Tendo Jesus saído de casa, naquele dia, estava assentado junto ao mar;

Achei muito interessante esse versículo pela cena que ele me remete. Imagino Jesus, saindo de casa, caminhando e, de repente, parando e assentando junto ao mar.

No versículo não fala quanto tempo ele ficou assentado até a multidão chegar; se foi um tempo grande, ou pequeno, nem se fazia alguma coisa enquanto estava assentado.

Aparentemente, foi um tempo considerável, visto ter sido citado por Mateus. De toda forma, nesses versículos percebemos a naturalidade de Jesus.

Jesus era um homem comum e naquele dia, saiu e estava assentado junto ao mar.

Imagino-o sentado na areia observando as ondas que vinham e iam, refletindo sobre a vida.

Não sabemos o que pensava ou fazia, mas a própria cena nos traz esse caráter reflexivo.

Penso que podemos tirar algo para nossa vida com isso.

Muitas vezes é necessário que paremos e observemos as coisas simples da vida e reflitamos sobre elas. É comum, no mundo corrido que temos hoje em dia, não tirarmos um tempo para parar e pensar sobre o que fazemos e o porquê fazemos o que fazemos.

Infelizmente, muitas vezes, achamos que temos que produzir sempre e que parar quer dizer perder tempo.

Contudo, não é esse o exemplo mostrado por Jesus. Ele também parou. Em seu caso, seu lugar escolhido foi de frente para o mar.

Talvez esse seja um excelente convite de Jesus aos nossos dias: parar, contemplar e refletir.

Fabrício Veliq
10.10.2013 – 09:09

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *