Por que não pecamos?

Por que não pecamos?

“Se o motivo de não pecarmos é para sermos santos, temos que rever nossos conceitos”

Tenho pensado sobre isso ultimamente. Um grande amigo me fez pensar sobre isso. Chego a conclusão de que todo relacionamento com Cristo deve ser baseado no amor e nada mais do que isso.
Ou seja, o fato de não pecar não é para cumprir uma ordem ou alcançar o prêmio da soberana vocação. Antes o fato de não pecar é porque o pecado entristece ao grande amor da minha vida. E como quem ama não quer magoar ao objeto de seu amor, assim deve ser nossa motivação para a vida em santidade.
Independente do prêmio que recebemos pela obediência legal, nada se compara ao prêmio que receberemos por amá-lo incondicionalmente.
A proposta de Cristo é a reconciliação em amor, nada mais do que isso. A parte legal do processo, Ele já executou. Acredito que o Pai tem buscado os que o amam por Ele ser quem realmente o é e não pelo que pode nos dar.
Obediência sem amor, é puro martírio..
Como dizia Finney: Fazer o certo por amor ao certo é egoísmo.
Fiquem na paz
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *